13.8.19

Sobre a coragem para mudar - 7 anos!

13.8.19




Um dia pra relembrar.

13.08.2012. Essa foto foi tirada na janela do ônibus 614 (nova América x Alvorada) #cariocasentenderao. Eu, a caminho do meu primeiro dia de trabalho da empresa em que hoje trabalho e completo 7 anos.

Tinha 40 anos. Obesa. Exausta. 18 anos de vida profissional. Endividada(pela última vez na vida). Pedi demissão depois de 08 anos numa empresa que eu admiro muito até hoje, e que não tinha a menor intenção de me mandar embora. Porque cheguei a um momento da vida e da carreira em que precisava tomar uma atitude, e mudar.

Sim, abri mão dos 40% de multa do FGTS quando pedi demissão. Muita gente disse que era loucura, que o mercado tava difícil (como se algum dia tivesse sido fácil, especialmente para mulheres negras buscando uma carreira no mundo corporativo). Levei anos para me sentir pronta pra mudar, e mudei com MUITO medo, porque se algo desse errado, poderia levar muito tempo para me recolocar e eu e minha família íamos pagar o preço da MINHA escolha. Mas fui assim mesmo. E porque dar errado não era opção, tudo deu muito certo e sigo aqui, trabalhando e crescendo. Fácil? Jamais. Mas possível!


O mercado de trabalho está se transformando assustadoramente. Mas como quem já ouviu minhas palestras sabe, não podemos perder de vista de que é um mercado. Se as condições de trabalho não estão como a gente espera, ou se tomaram um rumo que torna inviável a sua permanência, não se apegue. Trace um plano e MUDE.


Nada é mais nocivo para a nossa saúde mental do que a sensação de não ter poder sobre nossa história, de se sentir preso a um emprego porque precisa do dinheiro(TODOS PRECISAMOS MUITO) , do que ir trabalhar sem vontade, de ficar deprimido quando começa o fantástico 🙄.


Se você está infeliz na sua vida profissional atual, estude opções, calcule o tamanho do seu passo e corra o risco, que aviso logo, nunca será baixo. Esteja disposta a pagar o preço das suas escolhas, e seja protagonista da sua história - no mercado de trabalho e na vida como um todo.

Minha vida, meus planos, meus riscos. E se precisar mudo tudo de novo!

2 comentários:

  1. Olá Claudia,


    Compartilho de experiências semelhantes: uma no passado quando abri mão de um emprego "estável" para tentar realizar um sonho de ser jogador profissional e outra atualmente, com experiências únicas na atual empresa, mas que optei por seguir outro caminho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Perfeito...optar por seguir outro caminho e sair de um caminho solido para ir em busca do novo requer coragem. Que bom que fomos em busca do que queriamos e provamos ser capazes de qualquer mudanca. Obrigado pelo seu comentario!

      Excluir



Design e Desenvolvimento por Lariz Santana