28.7.19

#5: Autocuidado & Consumo

28.7.19
Depois de um tempo longe do blog, retomo a sequência de posts sobre autocuidado, falando sobre consumo. 

Quem não gosta de fazer compras? Quem não se sente feliz em adquirir algo que deseja? Poder nos proporcionar acesso a itens de consumo ou experiências interessantes, também é uma função do trabalho. 

As empresas sabem como nos sentimos ao comprar algo e se empenham em criar desejos em nós. Em fomentar necessidades de itens de consumo e serviços. A isso damos os nomes de marketing e propaganda. 

Pense : você precisa mesmo trocar de celular se o seu atual ainda está funcionando? Sua casa precisa mesmo de uma TV de última geração? Você precisa mesmo daquele último modelo de roupa que apareceu na vitrine? E na verdade, de quanta roupa e sapato você precisa?

Minha intenção aqui não é dizer o que você deve ou não comprar, mas te fazer refletir sobre isso. Pense que:
  • A maioria de nós costuma ter apenas uma fonte de renda. E com essa fonte de renda temos que construir a nossa vida, a saber:
    • Pagar os boletos e se autossustentar
    • Realizar nossos sonhos e projetos de vida (faculdade, viagens, casamento, etc)
    • Planejar o futuro (aposentadoria)
Aprender a cultivar o habito de investir para o futuro eh essencial! 

  • Em tempos de reformas trabalhistas e da previdência, está cada vez mais claro que precisamos aprender a planejar, a gastar melhor e fazer nosso dinheiro render, pois tempos cada vez mais dificeis virão a frente. 

  • TODA VEZ que tomamos a decisão de consumir algo, estamos TRANSFERINDO NOSSO DINHEIRO para as mãos de outros. Consumir é, em ultima análise, TRANSFERIR RIQUEZA! E não importa se a gente ganha 998 reais ou 20mil reais - todo ato de consumo é um ato de transferencia de renda - eu entrego o dinheiro em troca de um  produto, bem, serviço, experiencia ou momento inesquecível. E esse dinheiro pode fazer falta em outros momentos da vida. Entao quanto mais tivermos consciência disso, melhores tendem a ser nossas decisões sobre consumo. 
Você precisa mesmo dessa peça em promoção? 

  • TODOS NÓS TEMOS como consumir melhor, como evitar algum tipo de desperdicio e fazer melhor uso da nossa renda, nao importa o tamanho dela. É um aprendizado continuo, na medida que tudo muda muito rapido ao nosso redor, e nossas necessidades tambem vao mudando com o tempo. 

Falando de mim:
  • Me coloquei a meta de usar TUDO O QUE COMPREI ate o final. Estou há mais de um ano sem maquiagem, hidratantes corporais  e produtos de cabelo, por exemplo, E ainda tem muita coisa para ser usada!
  • Estabeleci regras como ficar uns periodos sem compras, e buscar novas formas de usar meus produtos e roupas
  • Busco customizar, reciclar e adaptar minhas coisas, de modo a extender e multiplicar as formas de uso. 
  • Em casa, a batalha é para combater o desperdicio e conter os gastos com concessionárias e operadoras.. e acima de tudo, JAMAIS pagar juros pra financeiras por atraso!

Aprender a lidar com dinheiro e com os impulsos de consumo é um aprendizado diário e eterno. E consumir de forma consciente não significa não comprar nada. Mas comprar o que faz sentido, não ceder a compras por impulso,  e acima de tudo, ser feliz com o que se tem. 

E você já parou para (re) pensar suas decisões de consumo? O que você pode fazer diferente para consumir melhor? Me conte!

Nenhum comentário:

Postar um comentário



Design e Desenvolvimento por Lariz Santana