11.5.19

#4: Autocuidado & Redes Sociais

11.5.19
Pode parecer contraditório uma blogueira falar em cuidado com redes sociais. Mas é fato que as redes fazem parte da nossa vida, e das nossas relações. Mas elas não vêm com um "manual de instruções" e precisamos ter critério no seu uso.

Meu objetivo aqui é te fazer pensar sobre suas redes e ver o que pode ser feito diferente. 

1) Precisamos mesmo ter TODAS as redes? 
Facebook, LinkedIn, Instagram, Twitter, Tumblr, Whatsapp , Telegram ....? Cada uma tem sua característica e utilidade, mas você precisa mesmo ter contas ativas em TODAS as redes?


2) Você precisa mesmo aceitar TODO MUNDO nas suas redes? 
Você leva desconhecidos para dentro da sua casa e deixa perto dos seus filhos? Ou leva gente que acabou de conhecer para dentro da sua empresa? 
Da mesma forma, deveriamos ter critérios semelhantes para quem aceitamos nas nossas redes. 
É potencialmente perigoso aceitar pessoas que você não conhece direito, ou nem faz parte da sua convivência, num espaço em que você compartilha momentos da sua familia e amigos. Pense nisso! 


3) Você precisa mesmo ler e RESPONDER TODOS OS COMENTÁRIOS? 

Como blogueira, faz parte da interacao com usuarios responder aos comentarios. Felizmente, foram poucas as vezes em que fui alvo de ataques no blog. No instagram nunca aconteceu.

No facebook, já há um tempo me desobriguei de ler e responder a todos os comentários nos meus posts. Porque muita gente vai la basicamente, destilar preconceitos e raiva. e nao sou obrigada.

Apenas repense o quanto de tempo você gasta interagindo e manifestando reações  nas redes, e como isso muitas vezes afeta seu humor, seu sono, e as suas relações com as pessoas.




Acordar e ja olhar o celular, quem nunca? Mas é  mesmo necessário?



4)Você precisa mesmo manifestar opinião sobre tudo?

Toda postagem gera em nós uma reação. Gostamos ou não, concordamos ou não, achamos lindo ou absurdo, revoltante...A questao é: precisamos mesmo dar nossa opinião em todas as postagens? Acima de tudo, se a nossa opinião pode ofender ou magoar, precisamos mesmo falar ja que ninguém nos perguntou?

Ah mas rede social é para isso...Na verdade, não é não. As redes foram projetadas para ser um espaço de interação global,  e podem ser fonte de encorajamento, aprendizado ou de adoecimento mental e emocional. Tudo depende de como usamos. 


5)Você acha que as pessoas são mesmo tão felizes/bem sucedidas/resolvidas como aparentam nas redes? 

Sempre postamos a foto mais legal, com melhor ângulo, o melhor sorriso, a melhor paisagem. E isso tem levado muitas pessoas a pensar que a vida alheia é bem melhor e interessante que a sua. Redes Sociais NÃO retratam a vida de ninguém. Ali mostramos o que queremos mostrar. A vida acontece FORA dali, atrás do smartphone.

A grande armadilha aqui é a COMPARAÇÃO. Somos seres únicos. Ninguém tem a nossa história ou precisou fazer as nossas escolhas. Nossa vida é um somatório de vivências e aprendizados, e é muito difícil e perigoso reduzirmos toda a nossa complexidade a fotos e postagens. Ou mesmo avaliar a felicidade  dos outros a partir de redes sociais. Muitas fotos sorrindo foram tiradas depois de muitas lágrimas derramadas. E nem sempre as pessoas contam...

Não se deixe levar pela impressão da vida super legal e bacana do outro. Na verdade a vida dele deve ser tão normal  e cheia de boletos quanto a sua, com alguns momentos de descontração. 

  
6) Quantas HORAS do seu dia voce tem dedicado a redes sociais?

Quanto tempo que você poderia estar dedicando a um projeto pessoal, está sendo consumido pelas redes sociais? 

Qual foi a última vez que você leu um livro? Ou encontrou um(a) amigo(a) e deu a devida atenção a pessoa que estava NA SUA FRENTE, ao invés de ficar vidrada no celular?

Se você quer saber quanto tempo tem gasto em redes sociais, alguns aplicativos podem ajudar. Um deles eh o QUALITY TIME. Eu o tenho instalado no celular, e os primeiros dias foram reveladores. Assustador o tempo gasto nas redes bem como a quantidade de vezes que desbloqueei a tela do telefone. Tudo isso revela tempo que pode ser usado em outras atividades que talvez estejamos deixando de lado. 


Juntos, mas nao prestando atencao um ao outro...


Como eu venho buscando melhorar minha relação com as redes:


  • Por muito tempo fui usuária assídua do facebook, mas me cansei com o tempo,  hoje uso bem menos e estou amadurecendo a idéia de desativar minha conta.
  • Tinha uma fanpage do blog, que desativei por não ver tanto valor e ser mais uma coisa para ocupar meu tempo.
  • Twitter eu uso mais como um canal de acesso rapido a notícias  e comunicação com empresas e concessionárias, funciona muito bem!
  • Whatsapp eh um mal necessário atualmente, já que todo mundo utiliza o app para se comunicar. Gosto mais do telegram, mas nem todo mundo aderiu.
  • Saí de vários grupos de whatsapp  que consumiam tempo demais e pouca interação realmente benéfica. E sigo fazendo essa análise e saindo sempre que algo não me acrescenta coisas boas.
  • Linkedin eh uma ferramenta profissional , necessária para quem está no mundo dos negocios, 
  • Nao abro redes sociais assim que acordo. Muitas vezes uma noticia ruim pode determinar o humor do nosso dia que acabou de começar..
  • Nos dias que vou para academia , so vejo redes sociais quando chego lá. Isso evita que eu perca tempo pela manhã.  E só fico com o celular quando estou fazendo aerobico, e guardo o celular quando vou fazer musculação.Assim o treino eh focado e mais rápido.
  • Como blogueira, busco atualizar e responder comentários meu instagram quando estou no transito (lembrando que eu NÃO DIRIJO) indo ou voltando. É uma forma de utilizar esse tempo de deslocamento e me atualizar. 
  • Estou fazendo um esforço consciente de não usar o celular quando estou presencialmente com amigos. Se aquela pessoa tirou o pouco do tempo dela para estar comigo, eu devo estar ali com ela. Isso é, em última análise, RESPEITO pela pessoa que está conosco. Isso vale para relacionamentos também. Precisamos rever a nossa forma de usar o smartphone e dar  a devida atenção  a quem está A NOSSA FRENTE! 

Ainda conviveremos com as redes por muito tempo, e novas surgirão. Aprender a utilizar e acima de tudo ESTABELECER LIMITES , é o diferencial para uma relação saudável com essas ferramentas relativamente novas para nós.

E você, como usa suas redes? Acha que cabe algumas mudanças no uso? Me conta!








2 comentários:

  1. Amei o post, bee. Realmente esse cuidado da nossa relação com a internet tem que ser pensando e repensado. Cada dia estamos mais violentos e maia vulneráveis.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Bee. Precisamos estar atentos e repensar nossa relacao com smartphones e redes sociais. Obrigado por seu comentario!

      Excluir



Design e Desenvolvimento por Lariz Santana