11.8.17

Dinheiro: Organize sua vida financeira em 5 passos

11.8.17
Repost de um artigo que escrevi em 2015 Não mudaria uma vírgula! Tenho conseguido manter minha vida organizada e as dicas seguem válidas, especialmente em tempos de crise.

Já falei sobre minha própria dificuldade em lidar com dinheiro, e como resolvi o problema. Se quiser conhecer minha história, leia aqui neste aqui

Nao sou consultora financeira, nem entendo profundamente de finanças, mas entendo da dificuldade de fazer o salário caber no mes, pois esse tem sido meu desafio da vida inteira. Depois de anos de planejamento, organização e sim, sacrifícios, a vida ficou bem menos sofrida financeiramente. E a idéia é falar do que deu certo pra mim, e que talvez possa funcionar para alguém.

Com paciência, disciplina, algum sacrifício e muita vontade de mudar, você consegue sair da roda-viva das dívidas e dormir pensando em outras coisas além de contas! Para isso, 05 passos são necessários para você se organizar de vez:




 1) Saiba quanto você ganha.
Nao ria. Se sairmos por aí perguntando quanto as pessoas ganham, muitas sabem dizer seu salário BRUTO. Mas poucas sabem dizer o seu salário LÍQUIDO – aquele que efetivamente entra na sua conta depois dos descontos. Então, para começar a se organizar, saiba quanto efetivamente você tem para viver. 

Se você tem remuneração fixa a tarefa é simples: no(s) dia(s) do pagamento veja quanto efetivamente entra na sua conta . Esse é o seu salário liquido.

Se você tem remuneração variavel, existem duas situações:
- Há os que ganham remuneração fixa + comissão: Contabilize o fixo, e faça uma média semestral das suas comissões para ter um valor aproximado da parte do variável com que você pode contar mensalmente.
- Se você ganha somente remuneração variável: Primeiramente parabéns, você tem nervos de aço!(não sirvo pra isso..rs) Vale a regra da média semestral também, para calcular um valor médio de salário.


2)Saiba quais sao suas despesas fixas.
Seja você solteira ou casada, more com os pais, sozinha ou tenha sua própria família, trabalhe ou estude, a maioria de nós tem despesas fixas – aquelas despesas que se repetem mensalmente e tem dia certo para pagamento. Essas despesas precisam ser identificadas e o valor referente a elas precisa estar provisionado no nosso salário. Então relacione todas essas despesas fixas para saber que parte do seu salario já está comprometido com elas.

Note que algumas despesas fixas têm valores fixos (ex:  tv a cabo, link de internet, prestação de imovel, condomínio, mensalidade de academia, etc), e outras tem valores variaveis, conforme consumo (luz, gás, agua, celular, telefone fixo, compras, etc).

É importante verificar esses valores variáveis e ver o que pode ser economizado:

Você tem o pacote mais econômico que sua operadora de TV ou celular pode oferecer?

Vale mesmo a pena continuar com celular pré-pago, ou um plano pós-pago hoje pode ser mais vantajoso (lembre-se que o minuto das ligações no sistema pré-pago é bem caro e a internet eh cobrada por dia)?  

Ha como reduzir sua conta de luz, água e gás, seguindo recomendações das concessionárias e observando desperdícios que podem ser evitados?

Você compra o que realmente precisa, ou corre na primeira liquidação e compra tudo pela metade do dobro? (muitas liquidações são engodos, é bom ficar esperta!).

Pense que seu salario é um só, e se você conter os gastos desnecessários, vai sobrar dinheiro para gastar com o que realmente quer, ou para quitar as dividas que eventualmente existam.

Falando nisso....

 3)Saiba quais sao suas dividas!
Quanto você deve? E a quem? Voce tem cheque especial, emite cheques pré-datados, compra cosméticos em revista com a vizinha e roupas com a amiga que leva pra você ver, sai pra se divertir e parcela no cartão dos amigos...e esta tudo atrasado e voce nao tem idéia do quanto deve?
Relacione TUDO o que você deve. Muita gente evita fazer isso dizendo – ah nao tenho como pagar entao prefiro nem ver. Mas a questão não envolve apenas pagar as dívidas, mas amadurecer como pessoa, e aprender a lidar com o dinheiro de forma consciente e responsável. Então relacione todas as suas dívidas, e comprometa-se consigo a criar um plano para quitá-las.

Bom, agora que você conhece seu cenário atual – quanto ganha, quanto gasta e quanto deve, pode comecar a planejar a sua vida. 

Se voce não tem dividas, parabéns, vá direto ao item 5. Se tem, leia o próximo item: 



4) Se você esta endividada...
- PARE DE GASTAR! Eh a primeira coisa a fazer. Se você tem cartões de crédito, quebre-os, ou guarde para EMERGÊNCIAS (leia-se questões de saude, ou coisas dessa gravidade. Uma liquidação da sua grife predileta com precos 70% off NÃO É UMA EMERGENCIA, combinado?)

- Dependendo da situação em que você se encontre, simplesmente nao eh possível negociar todas as dívidas ao mesmo tempo, o que significa dizer que você vai pagar somente o que for possivel e as demais vao continuar rolando e gerando juros (paciência, voce se meteu nesse buraco, mas com paciência e organização você sai). Caso você tenha condições de fazer um empréstimo a juros menores do que suas dívidas atuais, e que lhe permita quitar TODAS AS DIVIDAS, pode ser uma alternativa. Mas isso só vai funcionar se você parar de gastar!

NOTA: Sobre minha própria experiência: Mais de uma vez tomei empréstimos para quitar dividas, mas nao parei de comprar no cartão de credito. Resultado: Terminava com duas dividas para pagar - o empréstimo, e o cartão parcelado! Demorei mas aprendi - Nao cometa essa loucura! Se vai pegar o empréstimo COMPROMETA-SE E NÃO COMPRE NADA, OU COMPRE APENAS O ESSENCIAL ATÉ SAIR DO VERMELHO. 

Caso o empréstimo também nao seja possivel, veja o montante do seu orçamento que você hoje dispõe para pagar uma prestação, e tente fazer acordos com uma ou mais  dessas dividas para quita-la. Terminando essa, passe a outra. Até o final. Sim, seu nome provavelmente vai ficar negativado até lá. E muitas vezes com o nome negativado e sem crédito a gente descobre que consegue sim, viver sem tantas compras por impulso que costumamos fazer. É uma boa fase pra se observar. 

Atualmente existem feirões dos credores em que sao possíveis acordos com condições bem favoráveis para quitação de dívidas. Mantenha seus dados atualizados com seus credores. Assim voce vai receber todas as ofertas de quitaçao que eles fizerem e uma delas vai se encaixar nas suas possibilidades.

Aproveite todo e qualquer dinheiro extra (13, férias, comissoes) para quitar suas dividas. Lembre-se enquanto voce estiver devendo, qualquer planejamento que voce fizer, ficará furado.

Quando tudo terminar, SOME TUDO O QUE VOCÊ PAGOU. Coloque num papel, quanto dinheiro voce pagou em juros e encargos de dividas (eu fiz isso e tinha pago quase 30mil reais em dividas, da ultima vez). Reflita honestamente: essas compras foram todas necessárias? Pense em todas as coisas que você podia fazer esse gastasse esse dinheiro com VOCÊ MESMA. E pense que você eh capaz de juntar esse dinheiro – afinal voce se organizou para pagar suas dividas! Utilize esse período para refletir sobre a vida que você quer ter – quer eternamente dar seu salario todo pros bancos, ou quer ter uma vida de verdade? Só depende de você! Pense nas viagens, cursos, em tudo o que você poderia fazer ou conquistar com esse dinheiro que você esta dando de graça pros bancos na forma de juros e encargos, por pura falta de planejamento. Você merece uma vida melhor do que essa, não acha?

Quitou todas as dividas, só tem agora despesas correntes? Parabéns, agora podemos conversar!


5) Algumas medidas que funcionam bem pra mim.
  • Mantenho um controle da minha vida financeira. Dependendo do seu estilo de vida, pode ser em papel, numa planilha de excel, num aplicativo (existem vários que cumprem bem essa função e ja falei deles AQUI). Mas o fundamental é SABER o quanto você ganha, quanto você tem para pagar, e quanto você tem livre para gastar com o que quiser (se é que você tem). Isso é fundamental para uma vida financeira organizada.
  • Tenho apenas UM cartão de credito, cujo limite é em torno de 30% do meu salário liquido. NOTA:Quando o banco me enviou o cartão ele tinha de limite quase a totalidade do meu salário (gasta,bobona!) . Eu imediatamente liguei para a operadora e pedi para diminuírem o valor para o que eu sabia que conseguiria pagar integralmente a fatura todo mês. Depois de muito tempo tentando convencer a atendente, ela reduziu.
  • Nao tenho cartão de N-E-N-H-U-M-A  LOJA.
  • Cartão de crédito fica em casa, só levo na bolsa quando sei que vou precisar dele.
  • Nao empresto cartao de crédito, cheque, nem faço compras em meu nome para N-I-N-G-U-É-M (Aqui incluindo amigos e parentes). Quando você faz compras em seu nome, VOCÊ é responsável pela divida. Se quem te pediu não pagar..azar o seu. E pense: Se alguém precisou pedir seu CPF emprestado é porque o da pessoa está “sujo”, negativado. E se ela não teve o devido cuidado com o dela, o que a faz pensar que vai ter com o seu??? #AcordaBonita

  • JAMAIS empreste a ninguém, dinheiro que vai fazer falta no seu orçamento. Estamos numa época de crise e muito desemprego. E pode acontecer de alguém lhe pedir dinheiro emprestado. ANTES de emprestar pergunte-se: se essa pessoa não honrar o compromisso, não pagar no dia que combinou ou mesmo nao pagar NUNCA, isso vai bagunçar a minha vida? Se a resposta for SIM, pense bem se vale a pena dispor desse dinheiro para outros, e deixar sua a vida a descoberto. Generosidade sem responsabilidade, não funciona! 

  • Quando faco compras procuro comprar em dinheiro ja que muitas lojas oferecem desconto(pergunte sempre!).

  • Em alguns casos uso o cartão de crédito já que ele junta milhas que eu troco por passagens aéreas de tempos em tempos. Mas, nao importa o que aconteca, sempre pago a fatura integralmente. Pagamento minimo JAMAIS!

  • Mantenho duas contas bancarias: em uma fica o dinheiro destinado as despesas correntes. Na outra fica o dinheiro que esta livre para uso. Pode ser 50 reais – ele fica em outra conta. Isso evita que eu acidentalmente gaste o dinheiro que era da conta de luz por exemplo...Naturalmente o cartão dessa conta fica muito bem guardado para evitar deslizes.

  •  Cheque Especial? Tenho hoje e raramente uso, e dado o seu baixo valor, consigo cobri-lo muito rapidamente e o valor de eventuais juros também é pequeno. Meu banco também vive tentando aumentar o meu limite. NAO, OBRIGADO. Gasto meu dinheiro, acabou, acabou. 




  • Faço o meu orçamento (despesas correntes) considerando APENAS o meu salário mensal - Não incluo extras como férias e 13º salário como rendas para minhas despesas mensais (e o cheque especial muito menos néam?). Minha vida precisa caber no meu salário mensal!!! Assim quando esses valores extras entram eu os tenho livres para fazer o que quiser! Claro que imprevistos acontecem, mas é bem diferente de receber as férias e saber que nao vai sobrar um centavo nem pro cinema, porque tem que quitar o acordo do cartão de crédito. :( 


Parece impossivel? Pois eu te digo que ver seu mês fechar no azul, e  planejar suas férias sabendo que vai poder usar o dinheiro para fazer algo para si, ao inves de apenas quitar dívidas, vai dar outro ânimo a sua vida! 

6 comentários:

  1. Tenho aplicado esse método há vários anos. Ainda estou longe de chegar ao ponto ideal, mas estou bem pertinho.
    Esse planejamento responsável funciona mesmo.
    beijo, menina

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Denise..eh isso..planejamento responsavel..gastar o que pode, e quando pode. E saber dizer nao a si mesma! Obrigado por estar sempre por aqui! Beijos!

      Excluir
  2. Uma dica (que eu achei ótima) de uma aluna minha pra quem tem aquela compulsar por gastar: o que quiser comprar por impulso (aquela bolsa maraaaaaaaaaa! de R$1.500,00), sacar o dinheiro no caixa eletrônico pra pagar. Nesse movimento de sacar e ver o saldo da conta diminuir, vc provavelmente irá repensar a aquisição e adiar ou mesmo desistir. Como mulheres precisamos MUITO falar sobre dinheiro. : )

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente! Precisamos MUITO falar sobre dinheiro..parece que mulheres nao tem capacidade intelectual para lidar com dinheiro, apenas para gasta-lo. Eh o que querem que a gente acredite. Mas estamos aqui para provar que nao! Beijos!

      Excluir
  3. Eu já baixei um app desses mas não cheguei a usar. Vou colocar isso em pratica, pq sem dúvida organização é essencial!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade...organizacao eh essencial pra tudo na vida, e pra gerir o dinheiro entao nem se fala! Beijos!

      Excluir



Design e Desenvolvimento por Lariz Santana